Inbound marketing: chega mais perto que vamos abrir essa lojinha

Schitts Creek Comedy GIF by CBC - Find & Share on GIPHY

Sabe aquelas lojas onde o vendedor fica na porta e, mal alguém se aproxima, já convida para entrar? O inbound marketing é basicamente o oposto disso. Começamos com essa explicação ao contrário para dizer que:

Enquanto o marketing tradicional cuida de conduzir a marca ao encontro do seu público, no inbound marketing são as pessoas que vão até as empresas.

Aqui vale um ( ): o inbound não anula o marketing tradicional. Pelo contrário. É tipo aquela lei da Física, das cargas opostas que se atraem. Apesar das diferenças, um depende do outro e eles se completam para atingir os objetivos, que pode ser fortalecimento da marca, visibilidade, vendas, ou tudo junto e misturado.

Youtube Love GIF by Rosanna Pansino - Find & Share on GIPHY

Bom, não é de estranhar que nos últimos anos essa estratégia conquistou milhares de empresas mundo afora. Mas, no entanto, contudo, porém, tem muita gente que ainda não se ligou nessa oportunidade. Por isso hoje vamos explicar os fundamentos do inbound marketing e como trabalhamos com os clientes “digitais” na nossa agência.

Conte-me mais!

inbound-marketing

Quando dissemos que pelo inbound marketing as pessoas vão até as empresas, não é caminhando ou se dirigindo até ela. Tudo acontece pela internet e começa com um interesse que vai evoluindo para um relacionamento. É tipo uma paquera, que depois vira namoro e pode se transformar em um casamento duradouro.

No inbound marketing, o que muda é a abordagem!

Por isso ele também é conhecido como marketing de atração. O que desperta o interesse do seu público-alvo é a mensagem.  E aqui entra outro marketing, o de conteúdo.

Nele, são produzidos blogs, e-books, posts para redes sociais e emails, com assuntos que interessam ao público. Essa relevância na comunicação conduz prospects e clientes numa jornada até o momento da compra. E continua depois dela.

Esse percurso é a base do inbound marketing e é dividido em 4 etapas: atrair, converter, vender e encantar.

Funil de vendas

Cada uma das etapas é super importante e tem sua função, sempre no sentido de conduzir o leitor a se interessar mais e mais pela marca e perceber que precisa dela para atender seu desejo ou necessidade.

O legal é que esse processo acontece através de uma comunicação aberta e livre. Talvez esteja aqui a grande “revolução” do inbound, ao abandonar a comunicação unilateral. A marca e todos que por ela são impactados interagem, conversam, numa geração de valor constante e sem interrupções.

E qual o papel da agência nisso?

Confused Will Smith GIF - Find & Share on GIPHY

Como já dissemos, uma das coisas mais importantes nas ações de inbound marketing é alinhar os conteúdos aos interesses do público-alvo. E, para isso, você precisa saber com quem quer conversar para direcionar sua comunicação. Para fazer o conteúdo certo para o público certo.

A agência cuida disso! Aliás, essa parte do público tem até nome: são as personas. Além de criar essa figura fictícia, uma projeção do cliente ideal, o trabalho é bem mais amplo e complexo.

Ainda no planejamento é definida a linguagem, os canais para comunicar, os objetivos e metas, sem deixar de fora uma análise de tendências e da própria concorrência. A marca como um todo também é avaliada para identificar se é necessário fazer um rebranding e revisar ou mesmo criar o DNA.

Com um perfil claro da empresa e de onde quer chegar, o inbound marketing é uma baita estratégia para fazer qualquer negócio decolar. Quem não quer ter um poder de persuasão maior, um ciclo de vendas menor, um ticket médio maior, e por aí vai?

Lift Off Space GIF by US National Archives - Find & Share on GIPHY

E o melhor é que é possível medir e avaliar os resultados sempre, revisando cada ação. Porque quando você abre uma “lojinha”, ao fim do mês quer saber quanto vendeu, não é mesmo? Mas esse já é assunto para outro blog.

 

Sobre o autor

Carolina Tomaselli

Jornalista com J maiúsculo, ela tem o espírito investigativo na veia. Senso de humor e histórias malucas andam junto com essa mulher que, acredite, foi em todos os shows do universo!

Gostou deste artigo?
Então assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo especial e GRÁTIS.