3 mudanças de comportamento digital

A gente sabe que a internet muda muito rápido e para sacar estas mudanças de comportamento digital é preciso avaliar dados a todo instante. E ter estas informações à disposição é muito importante para quem encabeça as ações de uma marca na internet e quer surfar na onda do momento. Por isso, trouxemos informações sobre o surgimento de um novo nicho de influencers, sobre a ascensão dos vídeos e sobre a preferência do público na hora de publicar no Facebook para você ficar atento e descobrir novas formas de atingir seus consumidores.

O vídeo como protagonista

Como a gente contou aqui, o comportamento digital está colocando o vídeo em evidência e tornando-o o personagem principal de quem navega na Internet. Entre 2014 e 2018, o consumo deste formato de conteúdo aumentou 135%. Acessar o YouTube tornou-se um hábito para os brasileiros – o número de contas no site de hospedagem chega a 100 milhões no Brasil. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Provokers e pela Box 1824, a maioria das pessoas busca por conteúdo que não encontra na TV. Se sentir conectado a outros usuários, ampliar o aprendizado e se divertir estão entre os três principais motivos que direcionam os usuários para o site. Estes dados não podem ser deixados de lado pelas marcas na hora de planejar o conteúdo de seus canais dentro dessa rede.

mudanças-de-comportamento-nas-redes_2

Aposta em influenciadores anônimos

A revista Exame publicou recentemente que pequenas marcas estão contratando usuários anônimos para que divulguem seus produtos. Cobrando muito menos do que os grandes influenciadores digitais, pessoas comuns com contas em redes sociais como o Instagram são convidadas para anunciar produtos como roupas e acessórios. A iniciativa gera economia e torna a marca mais real, além de aproximá-la dos consumidores. O público costuma dar muito mais atenção quando alguém fala sobre uma marca do que quando a própria marca quer falar sozinha. E o comportamento digital têm mostrado que quanto mais próximo o consumidor se sentir daquela pessoal/perfil e se identificar com sua vida e seus problemas, mais facilmente irá aderir a suas dicas e sugestões.

Função stories do Facebook em alta

O Facebook já não está com a bola toda, mas quem continua utilizando a rede está preferindo publicar na função stories, barra horizontal fixada no topo da linha do tempo e que permite o envio de fotos e vídeos curtos para exibição durante 24 horas. Em 2019, eles devem ultrapassar as publicações no tradicional feed de notícias. Para as marcas, o final desse ano trouxe uma novidade: páginas receberam permissão para criar stories no Facebook, além de importar o conteúdo publicado no mesmo modelo de postagem da rede ao lado, o Instagram. Pioneiro na novidade, desde que lançou a função o Instagram viu o tempo médio de uso da plataforma aumentar mais 28 minutos no total diário. Um prato cheio para quem quer divulgar serviços e produtos de forma mais informal.

Você está preparado para aplicar estas novidades no planejamento de marketing do seu negócio? Fale com a Woop para desenvolver uma estratégia sob medida para você 😉

Sobre o autor

Francielle Buzzi

Jornalista, crossfiteira e mãe, ela é redatora do núcleo Intelbras aqui da Woop :)

Gostou deste artigo?
Então assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo especial e GRÁTIS.