UI e UX design: que bichos são esses e por que eles merecem sua atenção

Sabe quando você acessa um site ou aplicativo e pensa: “UAU, que design lindo e fácil de usar!”? Isso acontece quando são usadas técnicas de UI e UX design para criar o site, aplicativo ou outra plataforma online de uma marca ou produto.

Não sei se você já ouviu falar nesses bichinhos, então vou desvendar o que são esses termos estranhos. UI e UX design são uma abreviação para User Interface (Design de Interface do Usuário) e User Experience (Design de Experiência do Usuário). Mas o que isso quer dizer?

Tanto o UI como o UX design procuram garantir que o usuário tenha uma boa percepção do seu serviço ou produto, seja um aplicativo ou site, e consiga realizar o que procura com facilidade e rapidez.

ux design

UI e UX Design

O UI design diz respeito à disposição e estética dos elementos em uma tela, ou seja, a apresentação visual do produto. Seu objetivo é definir as cores, tipografia, formato e detalhes como os botões, menus e links, que garantirão um visual não apenas agradável, mas também intuitivo ao usuário do seu site, app ou outro serviço online.

Já o UX design tem como principal função garantir que o usuário navegue dentro de plataformas digitais com fluidez e agilidade. Para isso, é preciso entender o público, a arquitetura da informação, seu tempo de navegação, e outras informações básicas de utilização desses tipos de plataformas para criar um relacionamento mais natural e simples entre o internauta e o seu sistema.

“UX é entender a forma e a função de um objeto dentro de um contexto. É planejar e executar pensando no negócio, no produto em si e principalmente na sua utilidade final”. (OLIVEIRA, 2018)

ux design

A experiência do usuário

E por que é tão importante pensar no design da interface e na experiência do usuário? Porque este é um dos pontos de contato do consumidor com a sua marca ou negócio e pode impactar diretamente em resultados. Ainda mais com a era do mobile superando o uso de desktop.

Uma boa experiência digital contribui no engajamento dos usuários e transforma-os em influenciadores e embaixadores de uma marca. Ela não fica atrelada somente ao que a sua empresa, seu produto ou seu serviço tem a oferecer, mas, ao que o cliente necessita e deseja.

Interessante também notar que se preocupar apenas com uma identidade visual bacana ou com a usabilidade de um produto, não é suficiente. Apenas quando pensadas juntas, essas duas técnicas conseguem preencher os requisitos necessários para obter um bom rendimento.

Leia mais: Como o comportamento digital dos consumidores reflete nas empresas

 

Tecnologia no seu negócio

Produtos de sucesso são os que resolvem problemas na vida das pessoas. Com as mudanças digitais e de comportamento do consumidor, praticamente todos os negócios utilizam a tecnologia em algum momento, mesmo que seja apenas para anunciar uma promoção.

Olha só como a experiência do usuário influencia diretamente no aumento das vendas: se uma campanha de marketing atrai muitos visitantes para o site, mas não gera vendas, certamente há algo que está incomodando os clientes. Os motivos para que a experiência não esteja agradável e os usuários resolvam sair da página de destino podem ser vários. Design mal elaborado, processo de compra difícil, exposição do conteúdo feita de forma confusa, problemas de carregamento, etc.

O quanto antes você conseguir diagnosticar essas falhas de UI e UX design, mais rápido você consegue inverter o jogo. Afinal, investir na experiência do usuário é investir na imagem da sua empresa e apostar num relacionamento mais próximo e mais eficiente com os seus clientes.

 

Fontes:
http://www.softdesign.com.br/blog/softdrops-niveis-de-maturidade-ux/

Experiência do usuário: entenda sua importância no marketing

Quais as diferenças entre UX e UI?

Sobre o autor

Anne Mello

Diretora de Arte, trabalha na Woop há 5 anos e é apaixonada por gatos, feeds, design e marketing digital.

Gostou deste artigo?
Então assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo especial e GRÁTIS.